• Campanha Vale + da Cruz Vermelha já permitiu dar 600 mil refeições
  • Precisamos do seu Apoio
segunda-feira, 08 julho 2024 15:43

Inauguração da Unidade de Convalescença da Cruz Vermelha Portuguesa na Maia reforça Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados

No passado dia 5 de julho, a Cruz Vermelha Portuguesa inaugurou a Unidade de Convalescença na Maia, localizada na Rua de Timor, em Águas Santas. A cerimónia, que teve início pelas 11h00, contou com a presença de destacadas figuras institucionais e foi marcada por discursos que sublinharam a importância deste novo recurso para a Saúde e o bem-estar na região.


José Ferreira, Presidente da Delegação da Cruz Vermelha da Maia, iniciou os discursos, destacando o compromisso da instituição em proporcionar cuidados de qualidade e promover a reabilitação de pessoas em situação de dependência. O Presidente da Câmara Municipal da Maia, António Silva Tiago, sublinhou a importância da colaboração entre entidades públicas e privadas para melhorar os serviços de saúde na região. O autarca destacou o papel crucial da Unidade de Convalescença como resposta em saúde no município, reforçando o compromisso da autarquia com o bem-estar dos cidadãos.


António Saraiva, Presidente Nacional da Cruz Vermelha Portuguesa, reforçou a relevância da Unidade de Convalescença como um passo significativo na expansão da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados, garantindo assistência especializada e humanizada aos seus utentes. Encerrando os discursos, Ana Povo, Secretária de Estado da Saúde, elogiou a iniciativa da Cruz Vermelha e destacou a importância das Unidades de Cuidados Continuados Integrados no Sistema de Saúde Nacional, salientando a relevância desta nova resposta na oferta de cuidados de reabilitação e acompanhamento personalizado aos utentes.


Durante a cerimónia, houve um momento impactante de entrega de condecorações, nomeadamente, a Medalha de Benemerência da Cruz Vermelha atribuída ao Presidente da Delegação da Maia, José Emílio Ferreira, reconhecendo a sua resiliência e dedicação excecionais e ao Presidente da Câmara Municipal da Maia, António Domingos da Silva Tiago, em reconhecimento ao seu compromisso e apoio inestimáveis. Além disso, a Vice-Presidente da Câmara Municipal da Maia, Emília dos Santos, foi agraciada com a Medalha de Mérito, em reconhecimento à sua colaboração distinta na promoção dos princípios humanitários da Cruz Vermelha e no fortalecimento da sua ação.


A cerimónia incluiu o descerramento oficial da placa comemorativa, marcando oficialmente a abertura da Unidade de Convalescença da Cruz Vermelha da Maia. Os presentes tiveram, ainda, a oportunidade de participar numa visita guiada à nova unidade, conhecendo de perto as suas instalações e serviços disponíveis.


A construção da Unidade de Convalescença contou, não apenas com os fundos próprios da Cruz Vermelha Portuguesa, mas também com o apoio crucial do Município da Maia e de diversos parceiros do setor empresarial. Esta colaboração evidencia o esforço conjunto para melhorar a qualidade de vida dos cidadãos através de cuidados de saúde especializados e acessíveis, reforçando o compromisso com o bem-estar da comunidade.

 

 

 

Vídeo


Partilhar
Powered by jms multisite for joomla